2011 *–*

Publicado: janeiro 10, 2011 em Texto de própria autoria, Textos/Poesias/Poemas/Versos

 

Sabe ás vezes,

Sinto alguém me observar

Penso então que é minha mãe ou meu pai

Mas nem sempre são eles,

Sei que parece confuso,

Mas também sei que no fundo

Alguém que conhecemos e hoje não está mais aqui

Para nos dar conselhos, elogios e às vezes até broncas,

É quem está a nos observa.

PS: Sinto a falta de vocês ;*

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s